Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit.

Saiba mais

Blog

Lancheira Divertida: planejando o lanche escolar



O lanche que mandamos para a escola não é apenas uma das cinco ou seis refeições que as crianças farão por dia. É o que eles comerão no período de maior aprendizado, é uma refeição que eles farão cinco vezes por semana, pelo menos, e que os ajudará a conseguir brincar, aprender e se sentir bem enquanto estão na escola.

E é por esses motivos que a lancheira escolar merece nossa atenção e nosso cuidado, afinal de contas, no nosso papel de pais é nossa responsabilidade, também, o processo de educação alimentar dos nossos filhos. Mas eu entendo que muitas vezes a falta de tempo ou de informações e inspiração, nos bloqueiam e os industrializados acabam sendo uma opção frequente na lancheira das crianças.

A questão é que muitos dos industrializados que marcam presença no lanche escolar são sucos, bolos e salgadinhos riquíssimos em açúcar, gordura e sal e isso, além de afetar a saúde dos pequenos, pode comprometer seu processo de aprendizado.

 Mas então, como driblar a falta de tempo e conseguir oferecer lancheiras mais nutritivas e com comida de verdade? 
Eu te garanto que com planejamento, dedicando um pouco de tempo da sua semana, tendo em mãos algumas receitas práticas e sabendo escolher industrializados mais saudáveis, essa tarefa pode ser viável até nas famílias com rotinas mais corridas. E eu entendo que cada família tem um ritmo e uma demanda diferente, mas independente da sua, planejar as refeições e registrar esse planejamento te ajudará a antecipar tarefas, organizar as compras da casa, evitar desperdícios e oferecer uma alimentação mais variada.

  BÔNUS   
Para te ajudar no planejamento e preparação do cardápio, elaborei um modelinho que você poderá baixar aqui e utilizar em casa semanalmente. 

 Mas como planejar o cardápio? 
Eu sugiro começar pelas frutas. Elas deverão estar presentes diariamente no lanche escolar, pois serão a principal fonte de vitaminas dos pequenos. Anote todas as que têm em casa e escolha pelo seu grau de maturação, escolhendo para os primeiros dias, as que estejam mais maduras. Com isso, você reduz, inclusive possíveis desperdícios de alimentos.

Decididas as frutas, pense nos acompanhamentos, que devem ser a proteína e o carboidrato. Eu sugiro alternar opções doces e salgadas ao longo da semana. Deixe as opções mais elaboradas e que vão demandar mais tempo de preparo, como bolos, tortas salgadas, etc. para o início da semana. Assim, você reserva um tempinho no final de semana para preparar e até congelar para outros dias.

E, por fim, planeje a bebida. Se a lancheira já estiver bem completa, sugiro enviar apenas água. E se o seu filho já tem o hábito de tomar suco sempre no lanche, proponho começar alternando com outras bebidas (água de coco, leite, água), e aos poucos, passe a mandar mais dias de água do que de suco, para que ele aprenda a dissociar o suco do lanche, diariamente. 

E se precisar de inspirações ou receitas práticas, na @lancheira_divertida tem muito conteúdo diário que poderá te ajudar. Para acessar, basta clicar aqui www.instagram.com/lancheira_divertida


Sáskia Lima é mãe da Sarah (7 anos) e dos gêmeos Miguel e Henrique (quase 3 anos), é servidora pública e culinarista. Criou a Lancheira Divertida há quatro anos atrás, com a intenção de compartilhar informações, dicas e receitas sobre os lanches e lancheiras dos pequenos. Ao longo deste tempo, já ajudou milhares de famílias a transformarem as lancheiras escolares, de forma prática, saudável e gostosa.