Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit.

Saiba mais

Blog

No Dia da Mulher, entrevistamos as mulheres que fazem a diferença

A história da educação sempre foi marcada por mulheres que, desde os primórdios, lutaram pela democratização do conhecimento e por processos educativos de protagonismo. Nesse Dia Internacional das Mulheres, nosso grupo educacional resolveu entrevistar algumas professoras inspiradoras que fazem a diferença não só na educação, mas na vida de muitas pessoas. Confira a história delas: 

Xênia Veiga 
"Me chamo Xênia tenho 41 anos, sou casada e mãe de três meninas.
A educação entrou na minha desde muito pequena, minha brincadeira favorita era de "escolinha".  Com 17 anos me formei no curso de Magistério e de lá pra cá, não parei mais. Iniciei num curso de Teatro de uma companhia de Brasílias e pude misturar duas coisas que gosto muito:  EDUCAÇÃO e ARTE. Depois de atuar, comecei a lecionar aulas de Teatro e lá fiquei durante 15 anos. Esse mundo mágico me fez perceber que todos devemos e podemos sonhar alto. A vontade de expandir meu conhecimento para além de sala de aula era grande , e junto com alguns parceiros e amigos, iniciamos alguns projetos beneficentes nos entornos de Brasília, trazendo alegria e esperança às comunidades carentes, por meio do teatro, leitura e muita arte envolvida. Outro projeto paralelo que tenho é o de Contação de História, que sou apaixonada. Por meio da história, auxílio na formação de identidade e valores das crianças, desenvolvendo e respeitando a inteligência emocional de cada um. Toda essa solidariedade vem muito da minha família também, principalmente minha mãe Wilma e meu pai Walter. Sempre estivemos envolvidos com a ajuda ao próximo e a solidariedade. Eles são uma inspiração para mim caminhada!"


Marizélia Wanderley

"Eu sempre estive envolvida em campanhas e diversos serviços sociais.  No ano de 2018 tive a ideia de iniciar uma campanha interna de arrecadação de alimentos, que foi muito bem aceita pelas gestoras, professoras e todos os colaboradores. Até então era um projeto voltado apenas para unidade Jequitibá, a campanha foi um sucesso arrecadamos 30 cestas básicas e distribuímos para várias famílias carentes. Em outubro de 2019 eu já estava começando a organizar a campanha de arrecadação quando veio a ideia de envolver  as outras unidades, e não arrecadar apenas alimentos mais também roupas, calçados e brinquedos o que fez essa  campanha alcançar resultados significativos ou seja todas os colaboradores de todas as unidades contribuíram doando e incentivando todo o grupo a participar, arrecadamos muitos alimentos, brinquedos, roupas, caixas de leite, e fraldas descartáveis, todos os itens arrecadados foram entregues para instituições carentes do Distrito Federal. Me sinto extremamente feliz e realizada em poder ajudar o próximo de uma forma tão pequena e gratificante, procuro incentivar outras pessoas a participarem deste tipo de ação social, a ideia do projeto partiu de mim, mais a realização do mesmo só foi possível graças a participação de todas as professoras, monitoras, estagiarias, professores de aulas extras e Hello kids,  com destaques para as  gestoras Estela, Silvana e Camila que desde o início permitiram a realização da campanha e incentivaram todo o grupo a participar. Aproveito para agradecer a todos os envolvidos nessa ação que nos motiva e inspira a continuar fazendo o bem sem olhar a quem." 


Verônica da Silva

"Eu e a Educação estamos em um relacionamento sério desde os meus 16 anos. Ser professora é muito gratificante para o meu crescimento e, claro, com o retorno que as famílias, sinto que estou fazendo a diferença a cada dia. Além de ser Contadora de História, tenho diversos trabalhos paralelos que envolvem a educação de alguma forma. Participo de projetos sociais com algumas mães do CEAV Jr. na Contação de História para Instituiões Sociais. Esse trabalho é muito importante para qualquer ser humano, nossas percepções de amor e nossos valores são totalmente repensados e nos vemos como uma esperança para essas crianças. Além disso, na minha igreja, auxilio na  formação espiritual do grupo de crianças, com ludicidade e muita criatividade. Faz mais ou menos um mês que recebi o desafio de agora liderar as mulheres da igreja. Eu realmente não esperava que isso fosse acontecer, pois, sei lidar muito bem com crianças, mas hoje vejo o quanto precisamos umas das outras. Nós mulheres precisamos ser tão guerreiras e fortes a todo tempo, que o cuidar, o ouvir e levar uma palavra reconfortante faz toda diferença. Essa sororidade é necessária nos dias de hoje, independente do momento de fragilidade. E nesses momentos, me lembro bastante da minha mãe, uma mulher forte, guerreira, semi-analfabeta, que não sabia ler e apenas assinava o nomem mas sempre me mostrou um mundo de possibilidade, de mudanças e me proporcionou ser quem sou hoje. Minhas histórias, minhas ações e minhas lutas são por ela e para ela. E tento sempre passar isso para minha filha, que com sua trajetória e linda história, está realizando o sonho de ser dentista. Me sinto orgulhosa e também tranquila por ver todo o caminho que ela percorreu e todos os frutos colhidos com a vontade de fazer a diferença. Vamos lá, MULHERADA!"

Mulheres fortes, de muita luta e muitas conquistas. Todos os dias fazem a diferença por onde passam e inspiram mudanças. Essas são algumas das muitas mulheres que transformam os nossos dias. Nesse Dia Internacional das Mulheres, o Grupo Eklod Educação parabeniza todas as mulheres pelo dia e as convida para se aventurar a ousar, criar, arriscar e fazer a diferença na educação.